Vem dançar diferentes estilos

Aprenda a dançar a dois. Conheça, perca o medo e deixe o preconceito de lado. Cuide da sua saúde física e mental praticando uma atividade prazerosa, construindo novas amizades e se divertindo.

Escolha entre 9 modalidades

Trabalhe corpo e mente de uma só vez.

Aprenda a dançar e chega de ficar parado!

Perca a timidez e dance tudo o que sempre quis.

Dança de salão

A dança de salão é a arte de dançar a dois diversos tipos de estilos musicais. 
Está na nossa cultura há anos e continua presente, já que vem evoluindo e se adaptando às transformações que passamos em sociedade.

É considerada uma forma de entretenimento, socialização, atividade física, saúde mental e expressão artística.
O curso de dança de salão é perfeito pra quem quer aprender um pouquinho de cada coisa, com aulas de bolero, samba de gafieira, forró e salsa.
Além de aprender todas essas modalidades, você ainda fica com o corpo preparado para aprender a dançar qualquer outro ritmo, já que são ensinadas técnicas corporais, de condução e música, que são usadas em todas as danças.

São aulas completas, para você aprender, fazer amigos e se apaixonar por essa prática gostosa e divertida.

Sertanejo universitário

Animado e bem brasileiro, o sertanejo tomou espaço nas rádios há alguns anos e continua sendo o queridinho nas baladas, bares, rodeios e churrascos.

Invadiu as pistas de dança e virou febre, principalmente no estado de São Paulo, ganhando espaço também através dos campeonatos de improviso. Uma dança que vem evoluindo inspirada em outros ritmos como o country, a bachata, o samba rock e o zouk.
Informal e eclético, é alegre, perfeito para se divertir com os amigos e garantia de muitos sorrisos.


O curso trabalha a dança social, que atende desde as músicas mais românticas até aquelas mais balançadas. Proporciona ao corpo agilidade, condicionamento físico, movimentos precisos e queima de calorias.
 

Zouk

Caribenho, o zouk ganhou o mundo por sua versatilidade musical. É possível dançar zouk em quase tudo! De músicas românticas ao funk.
Dançado a dois, o ritmo chegou ao Brasil e ganhou um tempero especial ao sofrer grande influência da lambada. Popularizou como Zouk Brasileiro e hoje é um dos ritmos mais pedidos nos bailes de dança de salão ao redor do mundo. 

A dança é envolta por movimentos sinuosos, arredondados e fluidos. Movimentações de cabeça e tronco são bem marcantes também. 

 

O curso de zouk é extremamente rico em repertório corporal, ensinando o aluno a comandar os movimentos e usá-los em várias combinações diferentes.
É perfeito pra quem quer deixar o corpo mais molinho, mais dançante, mais gostoso inclusive pra usar em outras modalidades.

Forró

De origem nordestina e bastante presente na nossa cultura, o forró ganhou o Brasil em meados de 1950, ao som de Luiz Gonzaga. É uma dança receptiva e de uma simplicidade encantadora.


Dentro do universo do forró existem vertentes para todos os gostos: Os xotes românticos e lentinhos, o baião ágil e afogueado, o forró eletrônico animado e cheio de molejo.
O estilo continua se expandindo, ao som da “pisadinha” e do “piseiro”, novas vertentes da música e da dança.

Nas aulas você aprende um pouco de cada e ganha autonomia pra brincar entre eles. A sua dança fica divertida e cheia de surpresas.
Os bailes pra dançar forró são democráticos, propícios pra fazer amizades e cheios de diversidade, como o forró é naturalmente, por ser tão brasileiro.

Vanera paulista

Dentro do universo musical do Sertanejo universitário, a Vanera paulista é a forma mais popular de se dançar. 

Também conhecida como vanera, vanerão ou vanerinha, vem do vanerão gaúcho e em São Paulo sofreu algumas adaptações, daí o termo “vanera paulista”. Com muita influência do forró, zouk e samba rock, também compartilha movimentos do sertanejo universitário. 

 

A dança é caracterizada por muitos giros e figuras, de ritmo normalmente mais acelerado e músicas que acompanham as temáticas do universo sertanejo. 
A vanera é uma dança de bases simples, mas que pode ser incrementada com movimentos mais ricos e explosivos. 

 

Animada e intensa, é bastante procurada pelo público mais jovem. Mas claro,  a não deixamos ninguém de fora.

Hip Hop

Aprenda a dançar a dois. Conheça, perca o medo e deixe o preconceito de lado. Cuide da sua saúde física e mental praticando uma atividade prazerosa, construindo novas amizades e se divertindo. 

Aprenda a dançar a dois. Conheça, perca o medo e deixe o preconceito de lado. Cuide da sua saúde física e mental praticando uma atividade prazerosa, construindo novas amizades e se divertindo. 

Aprenda a dançar a dois. Conheça, perca o medo e deixe o preconceito de lado. Cuide da sua saúde física e mental praticando uma atividade prazerosa, construindo novas amizades e se divertindo. 

Aprenda a dançar a dois. Conheça, perca o medo e deixe o preconceito de lado. Cuide da sua saúde física e mental praticando uma atividade prazerosa, construindo novas amizades e se divertindo. 

Samba de gafieira

De raízes africanas, desenvolvido principalmente no Rio de Janeiro e com influência do maxixe e do tango, o samba ganha esse nome por causa dos salões onde eram realizados os bailes, as “Gafieiras”.
O Samba é uma das principais referências do Brasil no mundo à fora, principalmente por representar a alegria e o jeito caloroso do nosso povo. 
Na dança, o corpo malandro e solto demonstra um estilo despreocupado e divertido. 


E isso não fica só no samba no pé: A dança a dois também tem essas lindas características, com muitos movimentos de pernas e um corporal que parece de quem já nasceu dançando. 
No curso, as aulas são dinâmicas e trazem agilidade, muita técnica e desenvoltura.
A sensação é de descobrir no próprio corpo um monte de brincadeiras possíveis, desenhando passos, pulando com a música e se divertindo com o seu parceiro.

Kizomba

A Kizomba nasceu na Angola, e o nome quer dizer “festa”. 
É uma dança extremamente rica por carregar a história, as celebrações e a cultura do povo angolano. 

 

Gênero musical e estilo de dança, a kizomba tem origem em outras danças, como o semba, a kompa e o caduque
O ritmo da música se parece com o Zouk, e as danças se entrelaçam para enriquecer uma à outra.

A dança é focada no abraço, alcançando a conexão e entrega entre os parceiros. Esse contato proporciona muitas sensações, numa dança plena de calor e verdadeira cumplicidade e empatia entre os pares.
Os movimentos sensuais e marcantes, principalmente do quadril, dão um gingado bastante característico.

Zumba

Dança solo, a zumba é um estilo fitness, criado na Colômbia e inspirado principalmente pela dança latina.


Mescla movimentos de danças como o samba, salsa, merengue, mambo e reggaeton, ou mesmo outros estilos como hip hop, funk e dança do ventre.
Com exercícios próprios do treino cardiovascular, é muito utilizado como atividade física, focando na queima de calorias e consequentemente perda de peso.

Mas muito mais que mexer o corpo, as aulas de zumba são procuradas por serem extremamente animadas, divertidas e enérgicas. 
Também é perfeita pra quem quer aprender pequenas coreografias e movimentos simples pra dançar sozinho. e conseguir condicionamento físico.

A empresa

Suporte

Parceiros

Cartão presente

Involvent Store

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube

© 2020 Involvent - Escola de dança Ltda. Criado por Victor Gava